Militares financiam extrema direita na Espanha com o tráfico de cocaína

10 abr

Voz Operária

SOB ORDENS DOS MILITARES, EDUARDO BOLSONARO NEGA O DEPOIMENTO DO TRAFICANTE DO AEROCOCA

Nesta terça-feira (01/10), a comissão de relações exteriores e defesa nacional (CREDN) presidida pelo deputado Eduardo Bolsonaro negou o pedido dos advogados do sargento Manoel Silva Rodrigues acusado de transportar 39 quilos de cocaína em avião da comitiva da presidência. A defesa do réu enviou e-mails para o deputado solicitando prestar depoimento que não foram atendidos pelo presidente da comissão. Após tentativas frustradas, os advogados ajuizaram o pedido reclamando por direito de resposta, assegurado na Constituição, sobre o processo. O militar que se encontra preso na Espanha afirma que o presidente da comissão convidou o general Augusto Heleno do Gabinete de Segurança Institucional e membros da Força Aérea Brasileira para se manifestarem sobre o episódio de sua prisão. O militar alega que ele também tem o direito de se manifestar sobre o caso. O réu que responde…

Ver o post original 925 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: