Heleno deve explicar como avião da comitiva presidencial era usado pelo narcotráfico

10 abr

Voz Operária

Apesar de não reconhecermos a legitimidade do governo Bolsonaro, é dever institucional do GSI [Gabinete de Segurança Institucional] garantir a segurança das viagens presidenciais. O GSI possui instrumentos para monitorar todos os aspectos relacionados a logística e segurança das comitivas presidenciais, afim de evitar possíveis crises institucionais.

A Abin [Agência Brasileira de Inteligência] é um órgão subordinado ao GSI e tem total capacidade técnica para obter informações relacionadas à possíveis crimes dentro das Forças Armadas, especialmente em um ambiente mais controlado e restrito como é a comitiva presidencial.

Além de todos os instrumentos de monitoramento que dispõem o GSI, comandado pelo golpista Heleno, há uma rede de colaboração e troca e informações entre o GSI e a Força Aérea [FAB]. A FAB é responsável por controlar e informar ao GSI todos equipamento e cargas transportadas em voos oficiais.

Apesar do descaramento do General Heleno, que tentou culpar o Governo Dilma…

Ver o post original 444 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: