A morte de Bebianno e as técnicas de assassinato simulado em ataque cardíaco (por Luis Nassif)

15 mar

*QUE MERDA*
> https://gustavohorta.wordpress.com/2020/03/14/que-merda/

…REFORMAS FALSAS, NOTAS FISCAIS FRIAS, DELAÇÕES COMBINADAS, DELAÇÕES SELETIVAS, JUIZ INQUISITOR, JUIZ PROCURADOR, JUIZ PROMOTOR, GRANA PARA PROCURADORES, GRANA COMPARTILHADA COM OS ESTADUNIDENSES, TRAIÇÕES, VENDILHÕES, ….

A prisão ilegal de Lula, a fraude eleitoral e os crimes eleitorais de 2018…
O infarto do Bebiano, o infarto do P. H. Amorim, …

Nunca virá à tona nada disso, porque nós sabemos que a trama do golpe militar que assola o país é com Supremo com tudo. …

Luíz Müller Blog

Conforme vimos mostrando em várias reportagens, Bolsonaro é apoiado pelo que existe de mais barra-pesada na indústria da contravenção internacional e nas organizações criminosas internas. É cedo para avançar em qualquer conclusão. Mas a morte de Bebianno é um capítulo a mais na tenebrosa história do país rumo à era do crime institucionalizado

.Por Luis Nassif no GGN

Vamos por partes.

É cedo para qualquer conclusão sobre a morte do advogado Gustavo Bebianno. Ressalve-se o fato de que o filho estava com Bebianno na hora de sua morte, o que reforçaria a ideia de causa natural. Mas,

  1. Adriano da Nóbrega e Gustavo Bebbiano eram testemunhas centrais, capazes de produzir um terremoto político no país, em função das informações que detinham sobre a família Bolsonaro.
  2. Adriano foi executado no interior da Bahia, em uma operação mal explicada até agora.
  3. Bebianno morreu esta noite, vítima de infarto.

Em conversas com jornalistas, no…

Ver o post original 538 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: