“Reforma” trabalhista quebra a Previdência

3 ago

QUE TAL PENSAR, NEM QUE SEJA UM POUQUINHO SÓ. TENTA, CARINHA, TENTA!

https://gustavohorta.wordpress.com/2018/08/02/que-tal-pensar-nem-que-seja-um-pouquinho-so-tenta-carinha-tenta/

20180803_063425

… …
NÓS JÁ SABEMOS QUE O BRASIL É MUITO MELHOR QUE ESTE BRAZZIILL QUE ESTÁ QUADRILHA ESTÁ TENTANDO NOS MOSTRAR.

VOTE CERTO, CARA. NÃO SE DEIXE ILUDIR…. …

39ec86a0-5124-4fae-8c53-610ff46a5c6d

BLOG DOS SERVIDORES DO CONSELHO DE RECURSOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

03.08.2018
Do blog CONVERSA AFIADA, 02.08.18

Laura Carvalho: pejotas e sem carteira não contribuem

Lau1.jpg

Por Laura Carvalho, na Fel-lha:

Reforma trabalhista pode custar caro à Previdência

(…) Além de não estar contribuindo para a recuperação da economia, que precisa de algum tipo de injeção de demanda —externa ou pública— para sair do marasmo em que se encontra, a reforma trabalhista pode estar prejudicando a arrecadação da Previdência. 

Um estudo do Cesit/Unicamp (Centro de Estudos Sindicais e de Economia do Trabalho da Universidade Estadual de Campinas) publicado em outubro de 2017 construiu diversos cenários para prever o impacto da reforma sobre a arrecadação previdenciária. 

Em todos eles, o pressuposto é que as mudanças levariam, de um lado, à formalização de trabalhadores sem carteira e por conta própria, aumentando assim a base de arrecadação do sistema, e, de outro, à pejotização de relações de trabalho, que, por levar à migração de…

Ver o post original 102 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: