Dez dias que abalaram o Brasil

4 jun

Estamos mesmo é no cu de Zé Esteves

https://gustavohorta.wordpress.com/2015/12/10/3508/

… …Daí minha ocupação permanente em reforçar para as mentes não comprometidas com esta laia canalha, a que adoto a denominação de coxinhas GOLPISTAS e hipócritas, que o pecado mora nas casas de todos e, pela primeira vez em minha vida – e tenho 61 anos de idade e muitos de estudos – vejo um governo permitindo ações contra a bandalheira.

Como tantos outros fico a pensar quantos rabos presos este canalha pode ter para poder se sustentar em um cargo tão importante do país e da república, apesar de todas as denúncias comprovadas? De onde vem tanto poder? De onde vem tanta blindagem, tamanha impunidade, tão cretina sobrevivência? Seriam mesmo as mesmas instituições secretas seculares a atuar mais uma vez em nossa pátria?… …

ChargeGreveCaminhoneiro

ZÉducando

Um dos melhores artigos que li sobre o recente “auto-tsunami” ocorrido no país.

ChargeGreveCaminhoneiro


Dez dias que abalaram o Brasil  foto-paulo-ormindo_thumb_thumb_thumb

A greve dos caminhoneiros demonstrou a enorme fragilidade do nosso sistema logístico, urbano e político, cativo do pneu, do petróleo e do dólar. Os caminhoneiros deram algumas lições.

A primeira, econômica. Não se botam todos os ovos num só cesto. A greve parou tudo: caminhões, ônibus, BRT, aviões, ambulâncias, táxis e lanchas, e em consequência a indústria, a exportação, o abastecimento alimentar, a saúde e o turismo. Os prejuízos são incalculáveis e as metas econômicas furadas. Embora a crise seja estrutural, foi deflagrada por Parente ao alinhar o diesel ao aumento diário e cumulativo do petróleo e do dólar. Como o combustível entra no preço de tudo, com essa lógica todos os preços e salários deveriam ser indexados pelo dólar. Atitude burra, porque um menor preço do diesel, que serve ao…

Ver o post original 210 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: