POLÍCIA TEM IMAGENS DO ATIRADOR DO ACAMPAMENTO LULA LIVRE

28 abr

COMPARTILHE!!!!
MAS SÓ SE ACHAR QUE DEVE. SÓ SE ACHAR QUE PODE.

#LULALIVRE

ACAMPAMENTO POR LULA LIVRE SOFRE ATAQUE A BALA (20 BALAÇOS) – PUTA QUE OS PARIU, ATÉ QUANDO? SERÁ MESMO NECESSÁRIA A GUERRA CIVIL?
> https://gustavohorta.wordpress.com/2018/04/28/acampamento-por-lula-livre-sofre-ataque-a-bala/

TAQUIOPARIU, QUANTA BOSTA SERÁ NECESSÁRIA PARA ENCHER ESTA FOSSA NEGRA?PUTA QUE OS PARIU, ATÉ QUANDO, ATÉ QUANTO, ATÉ NOSSA REAÇÃO IGUAL? SERÁ MESMO A GUERRA CIVIL?

EM CURITIBA AGORA É ASSIM, VISITE A CIDADE E LEVE UM OU MAIS TIROS:

QUEM NÃO SE LEMBRA DOS Outdoors FASCISTAS ?
Do Tijolaço

Em vídeo publicado minutos atrás no Facebook, Gleisi Hofmann informa que o acampamento “Lula (perseguido e preso politico) Livre” foi atacado a tiros, esta madrugada, por homens que passavam em veículos pelas ruas do bairro Santa Cândida, onde os manifestantes passam as noites.

Duas pessoas foram feridas, uma delas com gravidade: Jefferson Lima de Menezes, com um tiro no pescoço.

Os agressores, claro, serão tão identificados e punidos quanto foram os que dispararam contra os ônibus da caravana de Lula ou os que executaram a vereadora Mareille Franco.

Sigam as câmeras da avenida!!!

A alguns dias atras algumas pessoas do acampamento foram brutalmente agredidas por fascistas da torcida “império coxa branca“, ninguém fez nada. … …

A Polícia Civil do Paraná começou a coletar imagens de câmeras de segurança no entorno do acampamento onde militantes petistas ficaram feridos durante um ataque a tiros, na madrugada deste sábado (28), no bairro Santa Cândida, em Curitiba. O caso foi registrado por volta das 4h e deixou duas pessoas feridas –um homem de 39 anos, baleado no pescoço, e uma mulher atingida por estilhaços. Nenhum deles corre risco de morte.

O caso é investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa). De acordo com a assessoria da Secretaria de Segurança Pública do Paraná, o órgão começou na tarde de sábado a tomada de depoimentos de testemunhas –entre as quais, a militante Marcia Koakoski, 42, de Xangri-lá (RS). Ela ficou levemente ferida ao ser atingida por estilhaços de projéteis que atingiram um banheiro químico do acampamento.

O militante Jeferson Lima de Menezes, 39, de São Paulo, foi baleado…

Ver o post original 131 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: