Ferrajoli disse tudo

19 dez

Vivemos sob a nova lei.
A nova lei dos sem lei.
Lei não há.
Assim é que o sistema aprova.
Assim escolheram as elites.
Bacanal, orgia, suruba, farra sem fim.
Na suruba as escolhas não são muitas.
Ou se é passivo ou se é ativo. Ou ambos.
Escrachados, esculachados, esculhambados, arregaçados…
Simples assim. É o caos.
É assim a anarquia? Acho que sim. Portanto descubro que não sou anarquista… É claro que não é nada disto. Apenas o caos.
Tem certeza de que é isto mesmo que você quer para o seu país? Tem certeza?
Se é isso que você quer então tá tudo certo.
Fodam-se todos nesta suruba da esculhambação.
Fodam-se todos nesta suruba do escracho.
Fodam-se todos nesta suruba da esculacho.
USEM CAMISINHA.

gustavohorta.wordpress.com

ALÉM DE ECONOMIA

Por Mino Carta – Da Revista CartaCapital

O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava Jato do Tribunal Regional Federal da 4a. Região, acostumado a levar em média 279 dias para elaborar seu voto, concluiu em102 sua decisão em relação ao recurso apresentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra a condenação em primeira instância no caso celebérrimo do triplex na praia dos farofeiros. Agora, o processo segue para o revisor Leandro Paulsen e, depois, para o decano Victor Laus.

Caberá a Paulsen agendar o julgamento. Logo mais começam as férias do Judiciário e terminam no fim de janeiro. É previsível que a condenação destinada a alijar o favorito da eleição de 2018 aconteça em março ou mesmo em abril, para confirmar quanto afirma Luigi Ferrajoli, o melhor aluno de Norberto Bobbio e um dos juristas mais respeitados do mundo: “Não há no Brasil as devidas…

Ver o post original 598 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: