Reforma trabalhista: moderna para empresários, escraviza trabalhador

5 jul

“‘TÔ FORA! E TENHO “A LEVE IMPRESSÃO DE QUE JÁ VOU TARDE…””

https://gustavohorta.wordpress.com/2017/07/04/to-fora-e-tenho-a-leve-impressao-de-que-ja-vou-tarde/

19732357_1093151407484122_6099016409428834634_n (1)Tô fora…
E SINTO QUE JÁ VOU TARDE…

SABE DE UMA COISA: DEIXA PRA LÁ.
QUE SE FODAM OS CALADOS E OMISSOS.
EU TÔ FORA. QUE SE DANEM…

Cheguei acreditar que minha geração ia deixar um país melhor para as próximas.
COMO EU ESTAVA ENGANADO!

NÓS NÃO APRENDEMOS!

“Editor do Blog da Cidadania avalia que, “desde o revés que o juiz sofreu ao ter reformada integralmente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) a sentença sumária, ilegal e arbitrária que proferiu contra o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto”, a “sentença e o amaciamento do STF com Aécio Neves dificultariam a condenação de Lula no caso do Triplex”; segundo Eduardo Guimarães, “uma condenação de Lula agora provocaria revolta até em quem não é petista””

19601506_1093151384150791_6012822605532428127_n (1)

OLHA AÍ, TOLO TRABALHADOR MANIPULADO! 

OLHA O SEU C* SER ESCULACHADO, ESCULHAMBADO, ESCRACHADO, E VOCÊ AÍ QUIETINHO A VER A GBOBO CONVENCÊ-LO DE QUE ESTÁ TUDO BEM!

VAI NESSA TOLO. VAI QUE QUANDO ACORDAR VERÁ QUE ESTÁ COM UM “PÉ DE MESA NO JILÓ”! TENTA ASSISTIR SÓ PARA SABER (pouco mais de 4 minutos).

Compartilhe e deixe que outros também saibam.

 

Reforma trabalhista: moderna para empresários, escraviza trabalhador

“O deputado federal Assis Melo (PCdoB-RS), metalúrgico de profissão, afirmou nesta terça-feira (4), durante encontro com sindicalistas em Brasília, que a sociedade brasileira atual é “altamente avançada tecnologicamente” e ao mesmo tempo retrocede “ao século 19 do ponto de vista da legislação trabalhista”. 

Por Railídia Carvalho

Blog do Renato

O deputado federal Assis Melo (PCdoB-RS), metalúrgico de profissão, afirmou nesta terça-feira (4), durante encontro com sindicalistas em Brasília, que a sociedade brasileira atual é “altamente avançada tecnologicamente” e ao mesmo tempo retrocede “ao século 19 do ponto de vista da legislação trabalhista”.
Por Railídia Carvalho


O tema do encontro foi o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 38/2017 que trata da reforma trabalhista que tramita no Senado e sofre pressão do governo e empresários para que seja aprovado ainda neste mês.
A declaração do parlamentar gaúcho contesta parte do empresariado brasileiro, que faz campanha pró-reforma trabalhista justificando que novos tempos exigem nova lei trabalhista. É o caso da Confederação Nacional do Transporte (CNT) que defende o projeto do governo em vídeo institucional que circula desde o dia 21 de junho.
Velha exploração
O projeto altera mais de cem artigos da CLT; autoriza que nas negociações trabalhistas prevaleça o acordado…

Ver o post original 699 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: