Leandro Fortes: MEMORIAL DO ROLA-BOSTA

24 maio

EU TAMBÉM SÓ QUERO QUE ESTE MERDA SE JUNTE AOS SEUS IGUAIS, SE AFUNDE NA MESMA MERDA DE QUE VEIO!!!

“AÉCIO, O QUERIDINHO DOS OPERADORES DA LAVA JATO”

https://gustavohorta.wordpress.com/2017/05/23/aecio-o-queridinho-dos-operadores-da-lava-jato/

ACHO QUE AÉCIO E TEMER VÃO DURAR MUITO TEMPO AINDA…É SÓ LEMBRAR DE QUANTO TEMPO DUROU O CUNHA.

E a canalha quadrilha continua “por aí” – com cacofonia mesmo – apoiada pela mídia (até aí sem surpresa), mas também por uma quantidade significativa de coxinhas traidores hipócritas (insistem em afirmar que é “tudo farinha do mesmo saco”.
Que triste, que merda.

Leandro Fortes: Memorial do rola-bosta

https://limpinhoecheiroso.com/2017/05/24/leandro-fortes-memorial-do-rola-bosta/

“Eu invejo a maneira como muita gente, sobretudo na esquerda, entra em modo republicano assim que uma figura abjeta como Reinaldo Azevedo cai em desgraça.

Invejo, juro, essa pureza d’alma, essa compaixão cristã, essa energia namastê.

Porque, impuro que sou, depois de ouvir os diálogos de Reinaldo com Andrea Neves, aquela conversa de comadres ornamentada com troca de poemas decorados de almanaques de farmácia, não vi nenhuma relação repórter/fonte.

Vi, sim, um bajulador compulsivo com uma bandida revelada numa prosa imoral, como bem cabe a ambos. …”

bloglimpinhoecheiroso

Leandro Fortes em 23/5/2017

Eu invejo a maneira como muita gente, sobretudo na esquerda, entra em modo republicano assim que uma figura abjeta como Reinaldo Azevedo cai em desgraça.

Invejo, juro, essa pureza d’alma, essa compaixão cristã, essa energia namastê.

Porque, impuro que sou, depois de ouvir os diálogos de Reinaldo com Andrea Neves, aquela conversa de comadres ornamentada com troca de poemas decorados de almanaques de farmácia, não vi nenhuma relação repórter/fonte.

Vi, sim, um bajulador compulsivo com uma bandida revelada numa prosa imoral, como bem cabe a ambos.

Vi o irresponsável de extrema-direita de sempre, o rato que estimulou o ódio de classe e a indigência jornalística para se projetar no esgoto a céu aberto da mídia e, com isso, ganhar o dinheiro e a fama que jamais atingiria pelos méritos profissionais, repórter medíocre e irrelevante que sempre foi.

Agora, querem transformá-lo num mártir da liberdade de imprensa.

Ver o post original 46 mais palavras

Anúncios

Uma resposta to “Leandro Fortes: MEMORIAL DO ROLA-BOSTA”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: