Ao escolher Moraes para o STF, Temer está cumprindo a trama de Jucá – Carta Maior

15 fev

PAÍS SEM PUDOR, SEM ESCRÚPULOS, SEM LEI! COMO PODE SER ASSIM? COMO TÃO POUCOS PODEM FAZER TANTO CONTRA TANTOS? PODE TUDO MESMO.

https://gustavohorta.wordpress.com/2017/02/15/pais-sem-pudor-sem-escrupulos-sem-lei-como-pode-ser-assim-como-tao-poucos-podem-fazer-tanto-contra-tantos-ppode-tudo-mesmo/

COMO É QUE PODE? PAÍS SEM PUDOR.
CADA UM TEM A SUA “JUSTIÇA”.
TODOS NA QUADRILHA!

A QUADRILHA SE ASSUME COMO QUADRILHA, SEM MEDO DE SER FELIZ!
E O POVO QUE SE FODA!

Assim é. País sem pudor! TERIA SIDO UM GOLPE? TERIA SIDO UM GOLPE COMANDADO PELOS PODERES DA REPÚBLICA, SOB DOGMAS DOS PODEROSOS MULTI-NACIONAIS E GOVERNOS EXTERNOS?

https://gustavohorta.wordpress.com/2017/01/05/assim-e-pais-sem-pudor-teria-sido-um-golpe-teria-sido-um-golpe-comandado-pelos-poderes-da-republica-sob-comando-dos-poderosos-internacionais/

aecio-e-moro“TERIA SIDO UM GOLPE? TERIA SIDO UM GOLPE COMANDADO PELOS PODERES DA REPÚBLICA, SOB DOGMAS E PATROCÍNIO DOS PODEROSOS MULTI-NACIONAIS E GOVERNOS EXTERNOS?

O que você acha? Você ainda tem dúvidas?
Não as tem? Está convencido de que foi um golpe? Está convencido de que não foi um golpe?
Em qualquer dos dois casos pouco ou, no segundo caso, nada esta crônica poderá acrescentar.

Se você está convencido de que foi um golpe esta crônica apenas ilustra mais alguns fatos que eventualmente irão corroborar seu entendimento. …”

#Diretas-Já: Democracia; Soberania; Estado do Direito e do Bem-Estar Social

09/02/2017 11:47 – Copyleft  – Glenn Greenwald – The Intercept

Moraes pode ter um impacto significativo nos casos da Lava Jato. Suas ações podem beneficiar não apenas Temer, mas também figuras importantes do PSDB.

Marcelo Camargo / Agência Brasil

A GRANDE MAIORIA dos escândalos durante a Presidência de Michel Temer pode ser entendida a partir de um evento crítico: a divulgação da gravação em que seu aliado mais próximo, Romero Jucá (PMDB/RR), secretamente descrevia o “pacto nacional” para interromper a Lava Jato. O plano – que Jucá dizia explicitamente ter sido aprovado pelas instituições nacionais mais importantes: líderes de partidos, a mídia, os militares e o STF (com exceção de Teori Zavascki, morto recentemente) – envolvia o impeachment de Dilma e, posteriormente, o uso do poder nas mãos do PMDB e do PSDB para impedir a continuidade das investigações sobre a corrupção.Desde o começo de sua presidência, Temer levou ao poder exatamente os políticos de…

Ver o post original 815 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: