Tempos de agosto: suicídio, legalidade e impeachment

23 ago

Desde menino ouvi dizer, e aprendi, que chapéu de trouxa é marreta. Que se dormir distraído, pode acordar com um pé de mesa… E a cada dia mais isto se confirma, Olha só. Naquele antro da quadrilha que costumamos chamar de congresso, as coisas acontecem de uma forma muito diferente e complexa. Pode-se dizer, em mais um eufemismo, peculiar. Ali estão os caras que fazem a leis. [ 414 more words ]

https://gustavohorta.wordpress.com/2016/08/23/apaporra-saporra

Teoria e Práxis

A ofensiva contra Dilma, como as que vitimaram Getúlio e Jango, também é um golpe de classe

Por Lindbergh Farias – 23/08/2016

Quis o destino que, por uma destas inexplicáveis artimanhas do tempo histórico, esta semana de agosto, de possível consumação do impeachment golpista da presidenta Dilma no Senado, coincidisse com duas outras datas históricas fundamentais. Agosto no Brasil costuma ser um mês quente.

Nesta semana, no dia 24, rememoramos o trágico suicídio do ex-presidente Getúlio Vargas – o principal estadista construtor da contraditória obra de formação do Brasil moderno.

Já no dia 25 de agosto de 1961, sete anos depois da morte de Vargas, Jânio Quadros renunciou, para surpresa geral de muitos (na verdade, ele tramava uma espécie de golpe bonapartista), após uma solenidade alusiva ao “Dia do Soldado”. Abriu-se uma crise; os ministros militares não aceitavam a posse do vice-presidente constitucional,João Goulart.

Havia contra Goulart…

Ver o post original 1.592 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: