Muito confuso demais. Dê mais.

14 mar

Com tantos, com tanta, com tamanha. Intenções apenas, contudo.

Intenções de nada, intensas, mas de nada. De nada, ou não seja por isto.

Por que seria então?

Tanta manha, toda manhã, toda dá, nem sei se dá. Só amanhã, de manhã, só de manha.

Manha tamanha. Manhã de quem ganha.

Entre tantas, entre tantos, entre todos, entretanto nem dá.

Nem agora nem amanhã. Nem tarde nem cedo, muito menos pela manhã.

Um pesar, coisas a pesar, pesadas, leves, apesar. Que seja.

Confuso demais2Ali há, ali tinha, ali havia, aliás. Muitos caminhos, muitas vias, há vias, havia mesmo.

Não há mais.

Por em algum lugar, deixar pra lá, porém, nem vem, nem vai.

Não vai, nem vem, ou vai em boa hora, vai embora, embora fique. Mesmo sem querer, embora fique. Quem vai embora sou sempre um. Um que nunca vai nem nunca fica. Muito embora possa querer.

Bem querer, sem querer. Dentre todas as opções, indo, caminho afora. Caminhos adentram. Adentrando, só para saber.

Todas as vias, todos os caminhos, alguns, todavia nem via. Enxergar, ver sem perceber. Sentir, mas só às vezes, só de vez em quando. Deves, pagas.

Se deves, pagas.

2 Respostas para “Muito confuso demais. Dê mais.”

  1. Dina Dee 15 15-03:00 março 15-03:00 2015 às 6:19 #

    Ao ler “De mais”, Drummond e Cora Coralina foram chegando (rss)… Ele, com sua percepção de nossa luta diária com a palavra: “luta vã, mal rompe a manhã”; e ela, com esse poema que adoro: “Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir.” Nada como um escrito da gente cutucar essa turma de 1ª em nossos leitores! Parabéns, querido amigo! Bj

    Curtir

    • gustavo_horta 22 22-03:00 março 22-03:00 2015 às 20:59 #

      Eita, Dina!
      Mais uma visita e mais um carinho delicioso!
      Agradeço muito a visita e seu comentário tão abundante em generosidade. Bom demais para o coração e para o ego.
      Beijo grande.
      Amor, compaixão, solidariedade.
      Felicidade. Sempre.
      Gustavo

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: