DEMOcracias, MEDOcracias. O capeta nunca se arrepende!

20 fev

Ocorrendo uma viagem bombástica de alguém sem nenhuma expressão mundial. Provoca de novo minha mente. Provoca de novo minhas reflexões. Alguém sem qualquer representatividade, apenas reconhecida após forte promoção internacional por tratar-se de uma ‘blogueira’ que atua em um regime ditatorial de uma insignificante, mundialmente falando, ilhota do mar do Caribe. Alguém que somente adquiriu algum renome face à incompetência e imbecilidade dos ditadores cubanos que converteram alguém inexpressivo em um perseguido em sua própria pátria por uma ditadura comunista obsoleta, anacrônica.

ImageProcurei saber quais seriam as publicações desta ‘blogueira’ e, de novo, nada expressivo ou que ao menos se aproxime de algum tratado ou ensaio digno de relevância. Retornaram em minha mente dúvidas que já tive em um passado recente, quando esta senhora esteve ainda proibida, de forma idiota e estúpida, de deixar seu país por um governo, no mínimo, nesta tratativa, imbecilizado por ideologias e pouco pragmatismo, retrógado. A retenção desta dita ‘jornalista’ – sinceramente não se sabe se ela é mesmo formada em Jornalismo, mas isto pouco ou nada interessa* – somente permitiu ‘vitimizá-la’, criando uma oportunidade única para a mídia construir um pseudo mártir da ditadura castrista, alçando fama internacional e numerosos prêmios por seus artigos e suas críticas à situação social em Cuba.

* Licenciada em Filologia em 2000 pela Universidade de Havana

Mas as minhas reflexões do passado, somente são neste momento fortalecidas, na medida em que a ‘blogueira’ insiste em rebater, de forma contundente, insinuações de que ela seja financiada pelos estadunidenses. Fico aqui a me perguntar então quem a estaria financiando. Se de fato não são os estadunidenses, através de suas mais diversas agências de “fomento” internacionais ou transacionais, quem está? Como é possível algum cidadão realizar uma viagem através de oito países entre os diversos continentes sem despender reservas financeiras. Ela, a ‘blogueira’, teria reunido tais reservas? Como? Em Cuba? Como?

Se não são os estadunidenses a financiar, quem seria então? Será, no Brasil, o governo Federal, através de nossas agências de fomento? Não? E as agências paralelas de fomento, por exemplo, as do sistema S? Se não é a Presidenta Dilma, seria então o ex-presidente Fernando Henrique? Seria o eterno pró-candidato à Presidência da República e Senador Aécio (neto de Tancredo) Neves, que tanto aparece ao seu lado e explora a figura vitimizada? Seria algum partido político aqui do Brasil, para a parte brasileira do “tour” realizado pela ‘blogueira’? Qual partido? A quem interessaria esta cidadã cubana, absolutamente sem expressão, ser tão bajulada e difundida? Do Brasil para a Europa. Mas quem está pagando a conta desta aventura internacional? Quem estaria financiando esta campanha transnacional de marketing político? A quem interessaria?

Teria esta senhora alguma promoção pela mídia ocidental não fosse ela uma dita dissidente cubana, dissidente de uma ditadura dos irmãos Castro?

Isto me remete a uma reflexão ainda mais ampla, ainda que de forma incipiente e preliminar. O que seria uma ditadura e o que seria uma democracia, aos moldes em que as conhecemos?

Ditaduras como as vividas no Brasil, protegidas pelas ditas democracias ocidentais e até mesmo, como se pode já confirmar, promovidas e patrocinadas pelas tais democracias ocidentais podem ser toleradas? Nããão? Tem certeza? Quem foi chamado às barras da justiça pelos mais diversos crimes aqui perpetrados? A anistia, ampla geral e irrestrita esconde tudo e tudo varre para debaixo do tapete, ainda que, a cada dia, mais se escancarem as atrocidades, causando significativos tropeços nestes tapetes enrugados por tamanho acúmulo de sujeira. Vergonha é só o que se pode sentir por este povo subjugado, ainda dominado, ainda colonizado, ainda, pelas democracias ocidentais dominantes que tudo podem.

Democracias ocidentais que podem invadir outros países livres. Democracias ocidentais que podem assassinar pessoas mais diversas, e ainda se vangloriar por seus feitos facínoras, ao redor de todo o mundo. Matam na América do Sul e na Latina, matam e assassinam na África, na Ásia, na Europa, na Oceania. Matam na América do Norte. Matam e assassinam onde lhes convier. Invadem e matam onde lhes convier, com a anuência de todo um mundo submisso, subserviente, perplexo e covarde. E ainda recebem as bênçãos de deus, em letras mesmo minúsculas, pois os que abençoam não têm delegação para fazê-lo pelo Deus real. Matam, invadem ou mandam matar e mandam/autorizam invadir.

Democracias ocidentais. DEMOcracias. MEDOcracias. Um, anagrama do outro. MEDO e DEMO. Gente com medo, gente com o demo no corpo. Gente com o diabo. Gente subjugada às corporações internacionais que de fato dominam o mundo. Gente infeliz, triste, acabrunhada e temente. Atemorizada e acovardada.

Que tolice crer nas possibilidades da política, praticada de forma expressiva por gente corrupta, sem ética, amoral e criminosa. Em regimes ditos DEMOcráticos onde eleições tornaram-se, ou foram tornadas, incompetentes para alterar o “status quo”. Nada é por acaso.

Um processo desenhado para atender não às nações e seus povos, pobres povos, mesmo nos países ditos dominadores. Processo desenhado para atender às necessidades e anseios das corporações. Para atender ao diabo, O inferno é aqui!

CORPOROCRACIAS! MEDOcracias, DEMOcracias. MEDO, DEMO. TEMOR, MORTE. MORTEcracias! TEMORcracias! CORPOROcracias.

Eleitores tolos mundo afora. Massa de manobra mundo afora que apenas valida os processos viciados e dirigidos para o domínio do mal! Saciar a fome do mal é mais fácil, pois o medo e o demo ajudam às práticas dominadoras corporativas transnacionais.

Agora começo a entender quem financia a viagem da ‘blogueira’ e a patrocina mundo afora. Que alívio!

DIABOcracias!  CAPETOcracias. DEMOcracias. O capeta nunca se arrepende!

Abraço e felicidade, sempre.

5 Respostas para “DEMOcracias, MEDOcracias. O capeta nunca se arrepende!”

  1. lista de emails 22 22-03:00 fevereiro 22-03:00 2013 às 16:39 #

    you are right in what you have said. i was only thinking this the other day but i think i will now dig a little deeper. lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails

    Curtir

    • gustavo_horta 22 22-03:00 fevereiro 22-03:00 2013 às 16:48 #

      Hi you! Thanks for your visit and comment. Don’t dig too much because the devil is here, at the surface, close enough to us, unfotunatelly. Almost no one escapes them, the demons. And you know what’s worse? They don’t regret ever! >> Devil never regrets!
      Regards
      Gustavo Horta

      Curtir

  2. Marcos Paulo Nascimento 23 23-03:00 fevereiro 23-03:00 2013 às 16:52 #

    Parabéns pela explanação, com clareza e exatidão nas palavras, sempre com muita sobriedade, é o retrato, não só do Brasil, mas do mundo, realmente “marcha de manobra” e realmente neste mundo quem manda é o “Diabo” e seus “súditos e comparsas”.

    Curtir

    • gustavo_horta 23 23-03:00 fevereiro 23-03:00 2013 às 19:22 #

      Antes de mais nada, agradeço muito sua visita; muito me honra.
      Agradeço também suas palavras.
      Apenas complemento que além de seus súditos e comparsas, também os calados e omissos ajudam a que o capeta domine tudo!
      O capeta nunca se arrepende!
      Abraço e felicidade, sempre.
      Gustavo Horta

      Curtir

  3. gustavo_horta 16 16-03:00 junho 16-03:00 2021 às 19:28 #

    Republicou isso em Gustavo Hortae comentado:

    Vale a pena rever…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: