QUE SAUDADE, HEIN JAIR? – Artur Andrade

12 dez

LEIA, LEIA SIM. VOCÊ NÃO SE ARREPENDERÁ…

Que saudade hein Jair?!

Daquele tempo em que vc xingava sem reservas, ameaçava mulheres, defendia torturas, atacava negros, gays, indios… e nada acontecia.
Tá bom… acontecia sim, uma frágil indignação da platéia que vc amava indignar.

Saudade do tempo em que vc era o escroto folclórico, o insano inconsequente, o raivoso brincalhão e o mito para os iguais. Vc era o mito!!

Saudade do tempo em que vc pedia impeachment aos berros e com isso se sentia dono do mundo, o inatingível, o guerreiro sedento por guerra.

Do tempo em que era o discípulo homenageando o herói torturador e assim ganhava, no máximo, matérias assustadas. E vc amava assustar.

Saudade do tempo em que vc, do baixo clero, podia ser o ladrão invisível, o corrupto disfarçado, a reserva imoral, a mentira deslavada. E nada acontecia. Ah quanta saudade, hein Jair!!

Saudade do tempo em que podia roubar sem ninguém ver, empregar fantasmas ao bel prazer e distribuir dinheiro público com a família sem ninguém perceber. Vc era a insignificância produtiva.

Saudade do início do estrelato. Saudade dos gestos de armas. Saudade de ser carregado. Saudade de provocar petistas, ciristas, comunistas, socialistas e até capitalistas. Sim, vc já foi nacionalista, embora não conseguisse cantar o Hino Nacional.

Saudade, saudade de honrar a bandeira americana e receber tapinhas de “meu querido escravo”.

E faz tão pouco tempo, não é?

Agora vc olha pro lado e vê uma traira. Olha pra trás e vê uma arma engatilhada. Olha pra frente e vê o precipício.

Agora vc está diplomado presidente do maior país da América Latina. Um gigante que enxerga vc como a formiga miuda e vc olha pro gigante como uma célula intestinal.

Agora vc nem tem mais família. A familia Bolsonaro virou sinônimo de falcatrua. Então, Jair, isola a família.

Sua família oficial vai vigiar seus passos com chicotes de 4 ou 5 estrelas. Sua família oficial vai massacrar seus dias e noites com tarefas oficiais que vc odeia, odeia, odeia.

Trabalhar, Jair, nunca foi seu forte.

Agora vc vê os filhos fugirem das redes com medo do povo. Agora vc tem medo até do seu povo. E medo de abrir a boca, quem diria, vc que era um boquirroto incansável.

Seu silêncio durante o Hino Nacional foi esse medo da boca, não foi Jair? Abrir a boca é um perigo, disseram a vc. E vc tem saudade até disso, bons tempos da boca aberta sem medo da lingua.

E comer porcarias? Nunca mais, Jair. Beber água, tomar suco de caixa, uma pinga, nunca mais.

Porque seu medo chegou à comida. E comida é boca!
Vc precisa de provadores. Vc precisa de seguranças, 12 mil. Vc precisa de vigilantes, vc precisa de sono. Vc precisa sumir. Dá vontade de sumir, não dá Jair?

E pensar que tudo o que vc queria era brincar de super herói.

Aa – Arthur Andrade.
Anúncios

JULGAR, SEMPRE PRECIPITADO

12 dez

Julgar está sempre precipitado.

Todavia, em geral, a gente não julga. Via de regra a gente condena sem julgar.

Julgar pressupõe ouvir defesa e acusação e, sobretudo, fundamentar o resultado do julgamento nos fatos apresentados pelas partes.

Julgar quase sempre é errado, pois somente a energia sublime responsável por nossa existência tem capacidade de uma avaliação isenta e idônea.

Nós, em nossa pequinês, costumamos condenar, e não julgar. Isto não é julgamento. Em português a palavra que define isto é vingança, que alguns, em um eufemismo cretino, gostam de chamar de “justiça com as próprias mãos”. Bandido bom é bandido morto, ou ministro, lembra?

Nossa espécie é uma espécie condenada ao fracasso e à extinção em um tempo extremamente curto, geologicamente falando. Existimos como ‘homo sapiens’ há, algo que os cientistas acreditam, 60 a 120 mil anos.

Dificilmente, em uma avaliação minha, dobraremos este tempo. O julgamento de nossa espécie, julgamento de fato, conduzido pelas forças do universo, que aqui chamamos de natureza, já nos condenaram pela nossa interminável lista de crimes. E a “sentença” já estaria em cumprimento.

“Somos uma espécie em extinção”, já cantou o funqueiro ‘pensador’ Gabriel.

E é assim. Não é por acaso que o mundo torna-se cada vez mais implacável com os delitos sociais corriqueiros e deixa a venda dos olhos cada dia mais apertada e segura para os crimes reais, contra a humanidade e contra as nações.

IMG_20180716_220035_179

Diversas cenas e estorinhas assim, carregados de argumentos piegas, poderiam, de fato, nos ajudar a entender e verdadeiramente agir para rotas de correção. Mas preferimos fingir emoções baratas e tacanhas a prestigiar ocupações e ações reais.

Agradeço a oportunidade. Abraço.
Recebam as bênçãos abundantes e saibam compartilhá-las, dividindo, repartindo, doando…

Amor, compaixão, solidariedade.
Felicidade. Sempre.

MOTIVOS HAVERÁ?

12 dez

MOTIVOS HAVERÁ?

O cidadão dispara dentro da igreja, mata quatro, fere mais quatro ou cinco.

O cidadão espanca até a morte o cachorro vadio no pátio do supermercado.

O médico se recusa para atender a criança no posto de saúde.

Os cidadãos decidem vaiar aqueles que vieram ao socorro dos menos privilegiados da nação.

Os cidadãos decidem violar as leis em nome do bem e contrariam todas as verdades e convicções de uma sociedade até então sadia e próspera.

Alguns cidadãos decidem massacrar dois outros igualmente cidadãos que atuam em movimentos populares pelo povo e para o povo.

A vereadora é assassinada com diversos balaços na cabeça, suspeita-se de quem o fez, outros o sabem e nada acontece. Junto com ela vai também o seu motorista.

Cidadãos disparam balaços na caravana, disparam balanços no acampamento, pedradas e ofensas e tudo bem.

O pobre pedreiro Amarildo, até hoje desaparecido.

Aquele que nem cidadão é luta mais pela nação do que tantos outros cidadãos.

A cidadã faz a opção de cuidar da saúde no lugar de ganhar montes de dinheiro tratando das doenças, enfrentando todas as dificuldades pela falta de atendimento das necessidades básicas do seu povo.

O cidadão dedica parte importante da sua vida apoiar a educação e formação de outros membros que formam a sua nação.

Tantos muitos cidadãos vivem a compartilhar partes significativas de sua própria vida em favor de seus patrícios menos favorecidos.

De forma alguma trata-se de encontrar motivos para qualquer uma destas ações e atitudes. Tudo resume-se há uma opção entre escolher o bem ou o mau.

A escolha é pessoal. A escolha é individual. E a esmagadora maioria faz seguidamente a opção pelo bem. Que sorte, né não?

Por quanto tempo o bem será a maioria quando a maldade sorrateira é protegida e impune?

gustavohorta.wordpress.com

Screenshot_20181206-115041

IMPERFEITAS MENTIRAS

11 dez

Imperfeitas mentiras

Como eu já disse certa vez mentira é igual a verdade, só que é mentira.

Do mesmo modo que na verdade, muitos tantos acreditam na mentira. É como se fosse uma verdade. Só que é mentira.

É igual a verdade, só que é mentira.

Existem mentiras perfeitas, medidas que sempre puxam outras mentiras, e outras, e outras, e mais outras. As mentiras perfeitas enrolam-se em um novelo infindável de outras mentiras. Uma mentira puxa outra, e outra, e mais outra… mas são mentiras perfeitas. Repetidas com muita insistência, maciçamente, acabam por tornar-se iguais à  verdade, só que nunca deixam de ser mentiras. Nascem mentiras e morrem mentiras, mas é como se fossem verdades. Só que são mentiras.

Há também as imperfeitas mentiras. No começo elas se parecem muito com as mentiras perfeitas, muitos tantos chegam a confundi-las com verdades também. Mas elas são mentiras, e, diferentemente das mentiras perfeitas, as mentiras imperfeitas têm vida muito curta. Morrem como mentiras. São identificadas como mentiras muito rapidamente.

Os próprios mentirosos as desmentem, tamanha a dificuldade em mantê-las fantasiadas de verdades camufladas e os mentirosos, mentirosos amadores, principiantes na ‘arte’ de mentir, se enrolam no novelo de mentiras que deveriam criar e mentem mentiras em direções opostas, sentidos opostos, repetem desmentidos e desmentem a verdade tentando obter fé em sua imperfeição. 

A humanidade vive há séculos sustentada por mentiras.

Mentiras que parecem verdades. Só que são mentiras.

São muitas mentiras. Há mentiras perfeitas e há mentiras imperfeitas. No começo todas se parecem com verdades, mas são mentiras no começo, no meio e no fim. O fim de algumas é mais breve.

Outras duram muito tempo, séculos, milênios, repercutidas pelos mentirosos contumazes e fiéis às mentiras originais que chegam a nelas acreditar fervorosamente.

As mentiras são tão sorrateiras e espertas que muitas vezes é difícil perceber que são mentiras. Elas são iguais a verdade, muito parecidas mesmo, só que são mentiras.

Todo cuidado é pouco, ainda que as mentiras sejam imperfeitas. Perfeitas ou imperfeitas, são mentiras. 

gustavohorta.wordpress.com

Screenshot_20181116-081650

COLOSTOMINIONS DEFENDEM COM FERVOR EVANGÉLICO.

8 dez

 

Pois é.

Vagabundos e corruptos, como todos da direita que representa a elite burguesa brasileira, os coxinhas paneleiros traidores metamorfizados em neo-fascistas colostominios, seguem abundantes e com a fartura dos que hoje estão no comando dos destinos da nação brasileira, conquistado com os conhecidos crimes eleitorais relevados  com o cretinismo e cinismo já clássico, tradicional da nossa justissa, com o Supremo, com tudo.

A propósito, nenhuma surpresa, né não?

Fica tranquilo, todo mundo tranquilo nas ignorâncias e idiotizações, pois daqui a pouco o pau mandado do juizeco de Curitiba (morô?) e o bando todinho assume essa p*rra toda e aí não haverá mais nenhuma notícia verídica sobre o bordel de sacanagens da direita, com suas tradicionais e libertinas surubas… vai ficar tudo bem, igualzinho tem sido nos últimos 500 anos em que esta quadrilha de poderosos dominou a nação e o país.

Vai ficar tudo bem!!!

gustavohorta.wordpress.com

MwG0cZ4imFk

 

3QvrSUJD8-U

Screenshot_20181206-115041

Não sei mesmo!!!!

Infestados de coxinhas golpistas paneleiros que nos empurraram para o buraco atual e que se transformaram/foram transformados em neo-FASCISTAS bolsominions idiotas, idiotizados ou manipuladores.

Estes mutantes abandonaram algumas das significativas características dos seres humanos e fazê-los entender que é importante se importar com as outras pessoas, ou com as pessoas, torna-se muito difícil.

Importar-se com as pessoas tornou-se algo peculiar aos comunistas e esquerdistas que deveriam “ir todos pra Cuba”. Que triste, né?

gustavohorta.wordpress.com

FB_IMG_1544277608216

BOaD3jR8vV0

Mercado” torceu o nariz para a “reformada previdência fatiada” de Bolsonaro

5 dez

AINDA DORMINDO? AINDA ACREDITANDO?
> https://gustavohorta.wordpress.com/2018/12/03/ainda-dormindo-ainda-acreditando/

ACORDA BRASIL ✔️ VC ESTÁ SENDO ENGANADO ✔️
DESMASCARANDO A MANIPULAÇÃO E SAFADEZA DOS FALSOS PATRIOTAS E MORALISTAS SEM MORAL✔️

QUEREMOS O NOSSO DINHEIRO

Repassando 👇 Repasse você também!

Pera aí…Temer/Guedes/Bolsonaro!

Você deveriam ter vergonha na cara!
Eu sei somar!
Vocês defenderam a privatização de estatais como forma de _fazer caixa e reduzir o endividamento público do país_. Guedes chegou a declarar, em entrevista, que há cerca de R$ 1 trilhão em ativos a ser privatizado.
Mas e as “bondades”? As “isenções”, “perdões”, que concederam ao Capital (Empresas, Bancos e Agro-Negócio) 2016 a 2018? *Deixam de cobrar 2,51 trilhões que o Capital deve!* É um enorme valor que o povo tem a receber e vocês “perdoam”. Como se dão o direito de perdoar uma dívida que não é devida a vocês? E ainda querem vender empresas do povo, do país. Querem meu sangue também?

(1) O passivo das empresas em recuperação é de R$ 325 bilhões, enquanto a dívida fiscal soma R$ 455 bilhões. O que significa que, no total, elas devem *R$ 780 bilhões*.

(2) Temer (em 1 ano e 7 meses) concedeu *98,75 Bilhões*, de perdão pelo REFIS! É muito generoso com as Empresas, Bancos e Agro-Negócio.

(3) 7/ago/17 Temer garantiu o perdão da dívida de aproximadamente
*R$ 30 bilhões* do Bradesco, Itaú e Santander. Os bancos brasileiros continuam lucrando muito e fechando postos de trabalho. E ainda recebem “perdão de dívidas!”

(4) 18/dez/2017 Os maiores bancos do país devem mais de
*R$ 124 bilhões* para a União. São recursos do povo. Verbas que deveriam ser investidas em áreas como infra-instrutora e Previdência.

(5) 18/11/18 Dívidas das Empresas com a Previdência atingem
*R$ 476,7 bilhões* Esse montante corresponde a mais que o dobro do rombo da Previdência estimado pelo governo para este ano, atualmente em R$ 202,3 bilhões, conforme o Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do 4º Bimestre.

(6) 23/06/18 As alterações promovidas pela Lei 13.586, de 2017, que concede *isenções fiscais para empresas de petróleo estrangeiras*, provocarão uma perda de arrecadação do Imposto de Renda (IR) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) superior a
*R$ 1 trilhão*. *UM TRILHÃO!*

(7) 26/11/18 Os deputados e senadores que iniciarão um novo mandato a partir de fevereiro 2019 ano devem a bagatela de *R$ 660,8 milhões* aos cofres da União.

Então grosso modo, sem passar pente fino e “deixando de somar o que não foi divulgado pela benevolente mídia, nós povo, temos a receber do Capital, *R$ 2,51 trilhões. Este valor paga 12 vezes o Déficit da Previdência.*

Então Temer/Guedes e Bolsonaro, sejam honestos, cobrem os devedores, suspendam os perdões, saldem o déficit da Previdência, não vendas as empresas do povo, e invistam os R$ 2,31 trilhões restante em Saúde, Educação e Segurança.
E poupe-me do nojo de vê-los falar em déficit da Previdência!

(1) 780,00 bilhões
(2) 98,75 bilhões
(3) 30,00 bilhões
(4) 124,00 bilhões
(5) 476.70 bilhões
(6) 1,0 Trilhão
(7) 666,8 milhões

⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️⬆️

Luíz Müller Blog

Bastou o governo assumir que não tentará fazer a reforma previdenciária inteira de um só vez – e já – para que o “jornalismo de mercado” passasse a prever o fracasso econômico de Bolsonaro.

A principal porta-voz do “mercadismo”, Miriam Leitão, já proclama em sua coluna de hoje em O Globo:

“Se achar que o país tem “quatro anos para fazer a reforma”, como disse o futuro ministro da Casa Civil, o governo certamente enfrentará uma disparada do dólar e o aumento da desconfiança dos investidores. O mercado é apenas o termômetro. Empresários da economia real só investem quando há um clima de confiança.”

Não duvido que, dentro do futuro “superministério” da Fazenda muitas cabeças se afinem pelo diapasão terrorista de Miriam Leitão.

Mas, na área política do bolsonarismo – exceto nos grupos que desejam, desde o início, um governo de confrontação com o…

Ver o post original 390 mais palavras

Adilson Araújo: o fim do Ministério do Trabalho vai na contramão da Constituição

4 dez

TENTE NÃO CRUZAR ESTE PORTAL; VOLTAR É DIFÍCIL.
> https://gustavohorta.wordpress.com/2018/12/04/tente-nao-cruzar-este-portal-voltar-e-dificil/

Não é de hoje que Constituição Brasileira foi para o saco.

Não é de hoje que é lei no Brasil não é para todos.

Não é de hoje que o povo brasileiro manipulado e, literalmente, coitado, vem sendo esculachado, esculhambado e escrachado.

Não é de hoje que se leis há é somente para benefício dos poderosos e dos endinheirados.

Não é de hoje que …

Blog do Renato

Para o presidente da Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brail (CTB), Adilson Araújo, considera que a extinção do Ministério do Trabalho vai na contramão da Constituição e de um Brasil justo. O fim da pasta foi anunciado, nesta segunda-feira (3), pelo coordenador da equipe de transição e futuro chefe da Casa Civil de Bolsonaro, Onyx Lorenzoni. Segundo ele, as funções do ministério serão distribuídas nas pastas da Justiça, da Cidadania e da Economia.

Foto: Divulgação

 

Adilson Araújo considera que a extinção do ministério significa carta branca para que empresários e fazendeiros possam impor trabalho análogo ao escravo, explorar impunemente o trabalho infantil. “Vai na contramão da Constituição e de um Brasil democrático e justo, é um baita retrocesso”, ressaltou o presidente da CTB. Para o dirigente classista “o Ministério do Trabalho desempenha importante papel na promoção do emprego e do desenvolvimento nacional e na progressiva humanização das relações…

Ver o post original 254 mais palavras